Evernote e pesquisas de UX – uxdesign.cc

Como usá-lo para organizar suas pesquisas

O Evernote é, de maneira concisa, um aplicativo destinado a organizar todas as informações com as quais você lida no dia-a-dia através de notas.

Apesar de famoso e bastante utilizado, muitos criticam o Evernote por não saberem como organizar suas informações nele ou por considerá-lo um aplicativo de bloco de notas desnecessariamente complexo. Entretanto, o Evernote é complexo justamente por (poder) ser muito mais que um simples bloco de notas: ele pode ser usado para estudar, para escrever histórias ou um livro, ou até mesmo para planejar sua próxima viagem (que foi inclusive como planejei minha última viagem ao México). Logo, a organização das suas informações vai depender muito das suas necessidades para o uso do Evernote.

Depois de usar o Evernote por um tempo para assuntos pessoais, fiquei me perguntando como poderia aplicá-lo também na vida profissional, ou seja, para atividades de User Experience. Neste processo, descobri que, de fato, o aplicativo pode ser uma ferramenta muito útil tanto na fase de design quanto na de pesquisa.

A seguir, compartilho algumas ideias de como você pode utilizar o Evernote para organizar suas pesquisas de UX.

Organize tudo em notas, cadernos e pilhas

Como mencionei, o Evernote lhe permite organizar informações em arquivos de notas, as quais, por sua vez, podem ser agrupadas em cadernos. Algumas idéias seriam, por exemplo, criar um caderno para juntar todas as notas relativas às pesquisas que você conduziu na sua empresa, ou um caderno com todas as pesquisas conduzidas no período de um ano, quarter ou mês, ou até mesmo um caderno por pesquisa.

Como decidir, então, qual o melhor agrupamento para você? Em primeiro lugar, isto depende do volume de informações com que você costuma lidar: se você realiza muitas pesquisas, é mais interessante fazer agrupamentos de notas por períodos menores, como em cadernos por quarter ou mês, e, se cada pesquisa gera muita informação, talvez um caderno pra cada estudo seja mais indicado. Em segundo lugar, depende também de como você deseja compartilhar tais informações: se todos devem ter acesso a todas as notas de pesquisa, compartilhar vários cadernos ou várias notas individualmente pode ser cansativo. Neste caso, o melhor seria agrupar todas as pesquisas em um só caderno e compartilhá-lo com as pessoas que poderão vê-lo. Ou ainda, se as permissões de acesso serão alteradas de acordo com cada pesquisa, eu recomendaria agrupar as notas em um caderno por pesquisa.

Independentemente de como decida gerenciar suas notas, você também sempre pode arranjar seus cadernos em pilhas, o que lhe dá maior flexibilidade de organização. Por exemplo, digamos que você realizará três pesquisas em Junho: você pode, então, criar três cadernos e agrupá-los em uma pilha chamada “Pesquisas de Junho”.

Coloque tudo o que quiser nas notas

Ok, agora você já sabe como pode agrupar notas de pesquisa, mas o que você deveria guardar dentro de cada uma delas?

Aqui, o Evernote verdadeiramente se sobressai: você pode colocar praticamente de tudo e organizar cada nota conforme o conteúdo dela exigir. Você pode salvar seus e-mails de recrutamento para testes de usabilidade, planos de pesquisa, anotações ou áudios de entrevistas, imagens e fotos tiradas em testes ou dinâmicas, e até mesmo PDFs, planilhas e outros documentos dentro de cada nota. Particularmente, costumo criar notas relativas a quatro estágios das pesquisas: planejamento e preparação, condução e coleta de dados, análise dos dados e resultados.

Mas qual a vantagem de salvar isso tudo em notas ao invés de guardar tudo no Drive ou Dropbox? Você pode facilmente combinar estes diferentes tipos de conteúdo em uma única nota. Por exemplo: depois de uma série de entrevistas, ao invés de salvar os áudios em uma pasta, escutá-los, e depois fazer suas anotações ou transcrições em um outro arquivo de texto separado, você pode simplesmente jogar todos os aúdios em uma nota (sim, eles cabem!) e escrever suas anotações ou transcrições logo abaixo de cada um na mesma nota! Você consegue, inclusive, reproduzir os aúdios direto da nota, sem precisar abrir outros aplicativos! O mesmo se aplica para PDFs, planilhas, documentos de texto, apresentações e fotos: todos estes arquivos podem ser abertos ou pré-visualizados diretamente das notas do Evernote.

E se a nota for sobre os resultados de um teste de usabilidade e você possuir vídeos do teste? Eles provavelmente não caberão (notas de contas Premium e Business têm um limite de até 200 MB), porém, neste caso, basta salvá-los em um serviço de armazenamento qualquer e jogar na nota do Evernote o link dos vídeos. E falando em links…

Encontre tudo rapidamente com links de nota

Independentemente de como agrupou notas de pesquisa em cadernos e pilhas, eventualmente você acumulará muitas com as quais terá que lidar. Por conta disso, podem ser criadas tags para classificar e encontrar notas por conteúdo (“análise”, “teste de usabilidade”, “personas”). Assim, você pode utilizar a excelente busca do Evernote para encontrar cada uma delas através de palavras-chave. Mas se ainda não for o bastante, não se preocupe: basta utilizar links de nota.

Links de nota, ao contrário dos links comuns que abrirão alguma página no browser, são links especiais do Evernote que simplesmente abrem outra nota sem sair do aplicativo. Eles são interessantes porque você pode fazer menções numa nota de pesquisa a outras notas da mesma ou de outras pesquisas e acessá-las rapidamente. Por exemplo: em uma nota em que você escreveu o planejamento da sua pesquisa, você pode fazer menção a um e-mail de recrutamento de participantes, que está salvo em outra nota. E com um mero clique, você consegue rapidamente passar de uma nota pra outra.

Assim como um livro indica ao leitor a localização de capítulos, tópicos e apêndices, você também pode criar notas que funcionam como sumários, que nada mais são além de notas que possuem links para cada uma de suas pesquisas. Na dúvida de qual era o nome de uma nota de determinada pesquisa? Sem problemas, abra o sumário e a encontre sem mais delongas.

Outra dica importante para encontrar suas notas facilmente consiste em configurar o aplicativo para que as notas sejam ordenadas por data de criação e customizar a data de criação de cada nota para refletir a data de quando de fato foi conduzida a pesquisa. O Evernote automaticamente irá separar as notas por meses e ordenar da mais recente para a mais antiga, lhe ajudando a encontrar qualquer pesquisa se ao menos você souber mais ou menos o período em que ela ocorreu. Sem contar que, assim, as notas de uma mesma pesquisa tendem a ficar próximas uma da outra no aplicativo. E se você modificar a data de criação da nota de índice para estar, digamos, 1 ano à frente das demais, você garante que ela será sempre fácil de acessar por aparecer entre os primeiros na lista de notas.

Acesse de onde estiver e modifique tudo sem se preocupar

É comum você precisar acessar ou registrar anotações de pesquisa quando conduzindo testes ou entrevistas na rua sem um computador em mãos. But it’s OK! Os aplicativos mobile do Evernote funcionam tão bem quanto as versões desktop e tudo será rapidamente sincronizado entre seus dispositivos.

E não se preocupe em acidentalmente sobrescrever e perder alguma informação importante na pressa de anotar e modificar o conteúdo de uma nota. Uma das principais vantagens de se ter Evernote Premium ou Business é a segurança de poder recuperar versões anteriores de suas notas. Uma vez, por exemplo, quase enfartei quando deletei por acidente um dos áudios guardados numa nota que continha algumas entrevistas que fiz. Consegui acessar uma versão anterior e copiar o áudio sem problemas.

Use e abuse conforme a sua necessidade

Como mencionei logo no início, a complexidade do Evernote é positiva por permitir que você o utilize de acordo com suas necessidades. No meu caso, o utilizei bastante quando eu era um time de UX de uma pessoa só em uma startup e precisava compartilhar tanto os planejamentos de pesquisas quanto os resultados apenas com alguns poucos stakeholders que tinham acesso a toda e qualquer informação.

Provavelmente, no caso de precisar compartilhar apenas parte das informações ou de precisar apresentá-las de modo que todos em uma grande empresa tenham acesso, você pode precisar de novas estratégias de organização de notas. Ou pode até mesmo dividir o que coloca no Evernote e em outras ferramentas e meios como Drive, Dropbox, WordPress, etc. Então, se você já utilizou o Evernote para organizar de algum modo suas atividades de pesquisa, comente abaixo, pois adoraria saber como o fez.

Author: Rodrigo Maués

Collect by: uxfree.com

Top